sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Vertente virtual

Na vertente virtual
Fica difícil entender
Quando vamos amar
Ou simplesmente conhecer

Amar o virtual
É duplamente arriscado
Pois um simples deslize
E está tudo acabado

O coração não suporta
Tamanha desilusão
E a vida começa 
A andar na contra-mão

Mas em tempos modernos
Está tudo trocado
Amar o virtual
Dizem...é mais sossegado!

Discordo plenamente
Adoro o real
Gosto de um xamego
É muito bom e não faz mal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário