segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

POETAS
















Poetas, são encantadores
Poesias a bater portas no coração
Silenciando o encontro dos amantes
Eternizados em instantes de paixões.

Ave! salve nossas almas
Que emudecem em instantes e calam
A ouvir o cântico dos pássaros
Enebriados, sonhos que embalam.

Poesia, refúgio dos que amam
Amantes da ternura que afaga
Caricias tocadas no silencio
Embalam sonhos, altas madrugadas.


MonicaLima 01/13

2 comentários: